top of page

SAIBRO FRANCÊS E TÊNIS MONEGASCO

Atualizado: 18 de mai. de 2023

Torneio de Monte Carlo é um dos mais antigos do mundo


Mônaco é um dos menores e mais charmosos países do mundo. Incrustado na Riviera Francesa, sob regência da família Grimaldi, o principado é famoso por seus eventos esportivos luxuosos que, desde sempre, atraíram os melhores atletas do planeta. Seu circuito de rua de Fórmula 1, por exemplo, é considerado sagrado por entusiastas da modalidade. E, no tênis, também há uma longuíssima tradição, que remonta ao ano de 1897, quando o primeiro evento foi disputado nas quadras do “Lawn Tennis de Monte-Carlo” – precursor do atual Monte Carlo Country Club.


Em 2 de abril de 1893 inaugurou-se o Lawn Tennis de Monte-Carlo em uma quadra no terreno do mítico Hôtel de Paris, ao lado do Cassino de Monte Carlo. Para se ter ideia do quão atrativo o torneio já era, em seus primeiros anos os vencedores foram os irmãos Reginald e Laurence Doherty, lendas do esporte britânico, diversas vezes campeões de Wimbledon.


Em 1905, contudo, o clube precisou mudar de lugar, para a região de Condamine, já que o hotel iria construir uma extensão e usar o espaço da quadra. Ali, em um terreno maior, o clube ganhou uma quadra a mais, além de um campo de tiro com arco e um de croquet. Em 1921, foi necessária outra mudança, e o clube desta vez ganhou três quadras e arquibancadas, construídas sobre uma garagem.


Fora do principado

Foi em 1925, quando a lenda Suzanne Lenglen resolveu participar do torneio que uma nova e definitiva mudança ocorreu. Na época, George Pierce Butler, um rico benfeitor americano e entusiasta do tênis, afirmou que a melhor atleta do mundo “merecia uma joia, não apenas um simples telhado em cima de uma garagem”. E assim ele pressionou as autoridades monegascas a criar um clube maior.


Com patrocínio de Butler, o príncipe Louis II investiu 100 milhões de francos para construir novas quadras de tênis. Devido à falta de espaço no principado, compraram-se alguns hectares em St. Roman (Roquebrune-Cap-Martin), comuna francesa que faz divisa com Mônaco. Mais de 1500 trabalhadores estiveram empenhados na construção dos famosos terraços que hoje formam o maravilhoso Monte Carlo Country Club, projetado em estilo Art Déco pelo celebrado arquiteto Charles Letrosne.


Cada terraço tem duas ou três quadras separadas por canteiros de flores e ciprestes. Na época, foram previstas 20 quadras, 12 para competição internacional, 8 para lazer. O novo clube foi inaugurado em fevereiro de 1928 pelo príncipe Louis II, com a presença do rei Gustave V da Suécia (que amava jogar tênis), do duque de Connaught, do príncipe Nicolau da Grécia, da grã-duquesa Helene e do grão-duque André da Rússia.


Rei de Mônaco


Monte Carlo faz parte dos torneios da série Masters 1000 da ATP, mas não realiza um evento da WTA. Curiosamente, ele também é um único Masters 1000 que não é obrigatório para os tenistas, ainda assim, a maioria dos top costuma participar. O maior vencedor de todos os tempos é, obviamente, Rafael Nadal, com 11 títulos em 12 finais (só perdeu uma para Novak Djokovic em 2013).


Escrito por: Arnaldo Grizzo

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page